Miguel Gouveia
Bruaa.png
Miguel Gouveia.jpg

Sobre a Editora Bruaá

Duas personagens decidem juntar dois ofícios que partilham a arte de contar histórias: a edição e o design. Estávamos na Primavera de 2008, altura ideal para plantar A Árvore Generosa, a primeira história a ser contada, aquela com que queríamos começar. 
O nome? Estava escondido num dicionário de termos literários, ali mesmo entre braquicataléticos e burleta.
Desde então, o bruaá cresceu: mais leitores, mais vozes, mais livros…
“Ano após ano, entre livros escolhidos e outros que nos escolheram, entre projetos grandes, pequenos, simples e complexos, continuamos a trabalhar da única forma que sabemos: pondo tudo quanto somos no mínimo que fazemos. E porque esta história ainda mal começou, continua aberta a novos cenários, desafios e personagens. Queremos continuar a escrevê-la convosco.”
 

Miguel Gouveia

Miguel Gouveia nasce tirsense, com um par de costelas durienses. Depois de 10 anos passados no ensino, cria em 2008, a meias com a sua cara-metade, a Bruaá Editora. 
Em 2010 termina o Mestrado em “Livros e Literatura Infanto-Juvenil” e abandona o ensino para se tornar mestre de obras, dedicando-se a tempo inteiro à edição, tradução, música, leitura em voz alta e narração oral. Desde então tem contado para diversos públicos em bibliotecas, escolas, associações e festivais, com um repertório construído em grande parte a partir de contos e memórias da tradição oral portuguesa. 
Atualmente é também livreiro na Bruaá / Livraria do Convento em Coimbra. 
E bem ou mal contado, este conto está acabado.