António Fontinha 

António Fontinha, nasceu em 1966 e viveu em Angola até 1974.
Encontrou a sua vocação de contador de histórias em 1992, no âmbito da intervenção do Chapitô junto de jovens em risco de exclusão (Centros Educativos da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais).
Pioneiro do movimento de narração oral em Portugal, vive exclusivamente desta atividade desde 1995, tendo atuado em múltiplos contextos e dinamizado milhares de sessões de contos para públicos diversificados.
A base do seu repertório são temas da tradição oral portuguesa que, paralelamente à atividade de narrador, tem vindo a investigar por todo o país em várias campanhas de recolha de contos tradicionais.